Por Renata Leal

O ano não anda dos mais fáceis para ninguém, não é mesmo? A taxa de desemprego continua alta, a política é instável, o Trump publica um tuíte e o mundo todo repercute na economia. O dólar voltou a bater nos R$ 4,20. Mas, mesmo com todos esses percalços, o volume de dinheiro que os brasileiros estão investindo este ano aumentou 8,4% e alcançou R$ 3,1 trilhões em setembro, de acordo com dados que a Anbima, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, divulgou nesta segunda quinzena de novembro.

Em essência, em nosso país marcado pelas desigualdades, esse volume de novos recursos se concentra nos chamados segmentos de varejo de alta renda e private banking. Mas vamos olhar para o lado do comportamento, que nos interessa aqui: houve bastante crescimento em aportes em fundos de investimentos multimercados e de ações, fundos imobiliários e ações propriamente ditas.

É o que eu tenho comentado nos últimos artigos sobre a necessidade de diversificar os investimentos para conseguir aumentar a rentabilidade. E, para isso, não é preciso ter tanto dinheiro.

Vocês já estão cansadas de me ouvir falar sobre a importância de ter aquela reserva de emergência para não ficarem na mão nem precisarem recorrer a empréstimos com juros extorsivos numa hora de perrengue, né? Mas depois de juntar a reserva, é possível sim colocar um pezinho em ações e em fundos imobiliários.

Para começar, procure uma corretora que não cobra taxa de corretagem. Isso ajuda a não perder rentabilidade. Há algumas no mercado e essa oferta tende a aumentar porque todo mundo quer lucrar com o seu dinheiro. Ações custam desde poucos reais até algo em torno de uns R$ 120. Dificilmente uma ação custa muito mais que isso porque o preço alto atrapalha as negociações. Você pode, sim, comprar apenas uma ação de uma empresa.

Como escolher as ações? Procure empresas em que você confia, que fazem sentido com o seu propósito e das quais você se sente bem em ser sócia. Fora isso, procure empresas sólidas, que apresentam bons resultados. Como saber isso? A cada trimestre, as empresas divulgam seus balanços financeiros – e tem um monte de canal no YouTube que ajuda a analisar esses balanços.

Concentre-se nas empresas com os melhores resultados financeiros de cada setor. Aquelas que têm bons fluxos de caixa, que dão bom lucro, que não são muito endividadas. Para começar, compre ações de várias empresas diferentes.

Dando exemplos práticos: nossa população está envelhecendo, certo? Em médio e longo prazos, empresas dos setores de saúde, laboratórios, farmácias e farmacêuticas tendem a vender mais. Por isso, há empresas interessantes nesses setores. Se a economia começar a girar mais, as pessoas voltam a comprar. Com isso, o varejo também se valoriza. É nessa linha que você pode seguir.

Já os fundos de investimento imobiliários, os FIIs, também são comprados pela bolsa de valores. Podem ser interessantes para você diversificar e receber dividendos (lucro) mensal isento de Imposto de Renda. Há fundos que têm imóveis em si (que são conhecidos como fundos de tijolo), fundos de galpões logísticos, fundos de recebíveis imobiliários, etc. As cotas dos fundos também são vendidas individualmente e custam, em média, entre R$ 100 e R$ 200 cada. Os investimentos em FIIs aumentaram 69% este ano e em ações, quase 40%.

Antes de qualquer decisão, informe-se bastante. Há muito material disponível na internet, especialmente em bons vídeos no YouTube!

Leia mais:

Por que é importante diversificar seus investimentos

Aproveite bons preços para adiantar compras

Vai comprar aquela blusinha? Que tal esperar amanhã?

Cuidado ao emprestar dinheiro

3 destinos para o saque do seu FGTS

A árvore do seu dinheiro

Não sei por onde começar a guardar dinheiro

“Investir não é para mim. Investir é para os ricos”

Como começar a investir

Como organizar seu orçamento: a regra do 50-30-20

Quanto custam os seus sonhos?

Educação financeira começa na infância – para meninas e meninos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *