Manifesto

 

Empoderamento feminino é uma das expressões mais em alta dos últimos tempos. É o ato de conceder poder de participação social e econômica, garantindo seus direitos com igualdade entre gêneros – ou seja, igualdade com os homens. Dá à mulher poder de escolha e a protege de violências físicas, emocionais, patrimoniais. O termo ganhou luz graças a uma série de movimentos feministas e femininos ao redor do mundo.

 

Esse timing global comprova que discussões sobre o tema são urgentes. Precisamos de ações que deem às mulheres o máximo de liberdade e capacidade para estar no comando de suas vidas, emocionalmente e financeiramente, sem medo de serem julgadas, isoladas, acuadas e/ou destratadas por isso.

 

A Mulheres Ágeis vai contar histórias de mulheres inspiradoras. Uma das nossas percepções durante a elaboração do projeto foi a falta de divulgação/conhecimento profundo sobre a trajetória de mulheres que são líderes em suas áreas de atuação, que podem impactar e influenciar positivamente milhares de outras mulheres.

 

E, assim, ajudá-las a ter mais fé em si mesmas, em seus sonhos, em suas capacidades, criando novas líderes – em volume cada vez mais significativo. Incentivá-las a se verem capazes de decisões e conquistas que elas se acreditam limitadas a alcançar pelos mais diversos motivos.

 

Mas não basta inspirar. Precisamos capacitar as mulheres. Por isso, já estamos organizando nossos primeiros workshops e cursos de capacitação para levar a elas as ferramentas e o conhecimento necessários para que empreendam, alcancem melhores posições e salários na carreira corporativa, e se sintam realizadas e orgulhosas de si mesmas e das escolhas que fizerem.

 

Umas ajudando as outras. Apoiando. Estendendo a mão e abrindo o coração entre nós. Empoderando ainda mais a Mulher Ágil, que equilibra sonhos e conquistas com perspicácia e sensibilidade. Cheia de desafios. Mas imbuída da coragem necessária para despertar, se transformar e anunciar toda sua potencialidade feminina.

 

Renata Leal e Suzane G. Frutuoso

Fundadoras Mulheres Ágeis