Da Redação

Todo ano, a Apple organiza o WWDC, um grande evento para reunir desenvolvedores e anunciar novidades em produtos e software. Na plateia, os participantes são basicamente homens. Este ano, Tim Cook, presidente da Apple, convidou Michelle Obama, ex-primeira-dama dos Estados Unidos, para um bate-papo.

Michelle procurou convencer a plateia sobre a necessidade de dar espaço a mais mulheres e negros na área de tecnologia. “As meninas fogem de tecnologia e ciência. Há algo errado sobre como esses assuntos estão sendo ensinados. Vocês são inteligentes. Vamos descobrir o porquê”, afirmou Michelle.

No Vale do Silício, região da Califórnia que abriga as empresas de alta tecnologia nos EUA, o tema diversidade continua sendo uma luta. Recentemente, o Uber decidiu investigar internamente 215 casos de assédio e demitiu 20 funcionários.

As primeiras fileiras do auditório foram reservadas a estudantes do Ensino Médio, a maior parte deles meninas. Algumas, inclusive, tiveram a chance de encontrar a ex-primeira-dama antes do evento.

Para Michelle, é preciso “querer levar mais mulheres para a área de tecnologia”.

Vocês estão prontos para ter mais mulheres com vocês? Então abram espaço para elas.

Lisa Jackson, que era diretora da agência de proteção ao meio-ambiente nos Estados Unidos, também participou do debate. Agora ela é responsável por iniciativas socioambientais na Apple.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *